Tag Archives: fotografia

As 15 fotografias mais poderosas dos últimos 100 anos

13 jun

Tornou-se famoso, na semana passada, um lindo vídeo de pedido de casamento com danças, música e amigos. Ontem foi o dia dos namorados. Temos falado muito no amor, no companheirismo, na importância que devemos dar às pessoas que são importante para nós.

Muitos bons sentimentos rondam o inconsciente coletivo nos últimos dias, por isso, no post de hoje, baseada na postagem do site gringo BookFaked, decidi dividir com vocês uma lista das 15 fotografias mais fortes dos últimos 100 anos, que mostram, em um pequeno instante de segundo a força do amor, da saudade e da esperança.

Phyllis Siegel, 76, à esquerda, e Connie Kopelov, 84, de Nova York, se abraçam após se tornar o primeiro casal do mesmo sexo primeiro a se casar, no escritório do Manhattan Clerk, em 2011.

Agim Shala, 2, é passado através de uma cerca de arame farpado para seus avós em um acampamento dirigido pelo Emirados Árabes Unidos, na Albânia.

Dono e cão se reencontram após o tsunami no Japão, em 2011.

Helen Fisher beija o carro fúnebre carregando o corpo de seu primo de 20 anos. Como ele, outros seis soldados mortos são levados até a cidade de Wootton Bassett, na Inglaterra.

Australiano beija namorada canadense depois que foi derrubado no chão pelo escudo de um policial em um motim em Vancouver.

Bombeiro dá água à coala durante os devastadores incêndios que queimaram Black Saturday, na Austrália, em 2009.

Jovem pacifista coloca uma flor sobre as baionetas dos guardas no Pentágono durante um protesto contra a Guerra do Vietnã, em 21 de outubro de 1967.

Criança romena dá um balão em forma de coração para a polícia durante protestos em Bucareste.

O cachorro, chamado “Leão”, fica pelo segundo dia consecutivo, no túmulo de seu dono, que morreu nos deslizamentos de terra desastrosos, no de Rio de Janeiro em 15 de janeiro de 2011.

“Wait For Me Daddy”, em outubro de 1940: Uma fila de soldados marcha no Canadá, quando um menino de 5 anos solta da mão da sua mãe para alcançar seu pai.

Mãe conforta seu filho em Concord, Alabama, perto de sua casa que foi completamente destruída por um tornado, em abril de 2011.

Dono abraça seu cão Coco depois de encontrá-la dentro de sua casa destruída no Alabama após o Tornado, em março de 2012.

Mãe reencontra filha depois de servir no Iraque.

Bebê de 4 meses de idade é milagrosamente resgatada dos escombros depois de quatro dias desaparecida, na sequência do tsunami japonês.

Pai para no nome de seu filho no Memorial do 11 de setembro, durante as cerimônias décimo aniversário da queda do World Trade Center.

Emocionantes, não?! Tenham uma linda quarta-feira!

beijos,

Dani

Motivo para começar uma dieta??

28 maio

Segunda-feira é o dia internacional da dieta! Depois de abusar no fim de semana, qual é a mulher que não promete começar uma dieta na segunda-feira? Mas li no site F5 que segunda uma pesquisa de empresa de alimentos diabétivos da Grã Bretanha, o principal motivo que leva as mulheres a começarem um regimo são suas fotografias.

Pois é!! Seguendo a pesquisa, cerca de 42% das mil mulheres questionadas na pesquisa admitiu que ver uma imagem que a desagradava as levou a uma mudança de hábitos. Ainda segundo as entrevistadas, o resultado foi uma perda de peso de em média seis quilos.

“Uma fotografia pode ser como um raio que cai do céu – muitas vezes as pessoas ficam surpresas de como elas poderiam ter deixado as coisas ficarem tão ruins”, afirmou um porta voz da empresa ao “Daily Mail”.

Bora se inspirar?

Aguarde! O blog vem cheio de novidades por aí! 🙂

bjs,
Isa

E se você ficasse sozinho?

2 dez

A solidão te dá medo ou é inspiradora? Mas a pior solidão é aquela no meio de uma multidão, se é que isso existe, não é? Esse tema, que às vezes assusta, serviu de inspiração para o fotógrafo Laurence von Thomas.

A partir do sentimento de estar sozinho Von Thomas começou a colecionar lindas e poéticas imagens sobre o assunto em um tumblr aqui na rede que leva o nome de “If You Leave”.

O projeto, que começou em 2009 com imagens feitas por ele, logo ganhou espaço e um toque coletivo.  O fotógrafo reuniu ali não só fotos suas, como retratos inspiradores feitos por outros artistas.

Mais de 250 imagens tiveram destaque na página virtual. O sucesso foi tanto que o tumblr se desdobrou em um primeiro livro e até uma exposição. Mas o tumblr não parou e agora uma nova publicação acaba de chegar às prateleiras.

Hoje, o fotógrafo Laurence von Thomas tem mais de três mil seguidores em seu blog e a série de imagens ganhou novo livro lançado no último dia 3 de novembro, em Londres.

Essa foto é minha. Inspirada nesse projeto nada solitário

A nova obra pode ser comprada por 16 libras (quase R$45), mais frete, no próprio site do projeto.

No twitter: @Open_Closet

Já curtiu a página do Blog OpenCloset no facebook?? Corre lá!

E do caos nasceu…

2 set

A arte! O fotógrafo suiço Ursus Wehrli  criou o projeto “The Art Of Clean Up”. Ele fotografa diferentes objetos e ambientes com um único objetivo: transformar a (des) organização em arte.

Fiquei me perguntando se ele aproveitou um possível tok e canalizou na fotografia. Não é possível??!

Só sei que eu queria ele no meu closet. Imagina?? Tudo organizado por tamanhos e cores? Fenômeno.

Você já curtiu a página do Blog OpenCloset no facebook?? Corre lá!


Onde as crianças dormem

24 jun

Indira, 7 anos, vive com seus pais, irmão e irmã, perto de Katmandu, no Nepal. Sua casa tem apenas um quarto, com uma cama e um colchão. Ela trabalha na pedreira de granito local 6 horas por dia, com mais 150 crianças.

Da idéia da publicação de fotos sobre direitos das crianças surgiu o livro do Fotógrafo James Mollison em parceria com o jornalista norte-americano Chris Booth: “Where children sleep” –  Onde as crianças dormem, do original, em inglês.

Kaya, 4 anos, vive com seus pais em um pequeno apartamento em Tóquio, Japão. Seu quarto é forrado do chão ao teto com roupas e bonecas. Sua mãe faz todos os seus vestidos.

O artista rodou o mundo fotografando meninos e meninas sobre fundos neutros e, depois, fazia uma foto de seus quartos. O resultado: um livro lançado em 2010 e uma ampla reflexão sobre as condições sócio-culturais a que nossas crianças estão submetidas. Além disso, o livro faz pensar a importância e o impacto do quarto durante a criação e desenvolvimento dos pequenos.

Anônimo. 17 anos, vive em uma favela no Rio de Janeiro.

A idéia de fazer fotos separadas (e não das crianças em seus quartos) é justamente mostrar como, em ambiente neutros, elas são iguais: só crianças. Quando vemos o lugar em que os meninos vivem e imaginamos a vida que têm podemos, então, enxergar o abismo que as separam.

O Lar para este menino e sua família é um colchão em um campo nos arredores de Roma, Itália. A família veio da Roménia e acampa em terras privadas. Como não tem documentos, nenhum deles consegue um trabalho legal.

Lamine, 12 anos, Senegal. Aluno na vila do Corão, onde não são permitidas as meninas.

Tzvika, 9 anos.Vive em um bloco de apartamentos em Beitar Illit, um assentamento israelense na Cisjordânia.

Jamie, 9, mora com seus pais e os irmãos gêmeos mais novos em um apartamento na 5 ª Avenida, em Nova York

Thais, 11, mora com os pais e a irmã no terceiro andar de um bloco de apartamentos, na Cidade de Deus, aqui no Rio.

Joey, 11, mora em Kentucky, EUA, com seus pais e irmã mais velha. Ele regularmente acompanha seu pai em caçadas de animais. Ele é dono de duas espingardas.

Roathy, 8 anos, vive nos arredores de Phnom Penh, Camboja. Sua casa fica em um lixão enorme. Seu colchão é feito de pneus velhos. Cinco mil pessoas vivem e trabalham lá.

Jasmine ("Jazzy"), 4, vive em uma casa grande no Kentucky, EUA, com seus pais e três irmãos. Sua casa é na zona rural, rodeada por terrenos agrícolas. Seu quarto está cheio de coroas e faixas que ela ganhou em concursos de beleza.

Nantio, 15 anos, é membro da tribo Rendille, no norte do Quênia. Ela tem dois irmãos e duas irmãs. Sua casa é uma barraca feita de plástico. Ela está esperando um "moran" (guerreiro) que irá selecionar-la para o casamento. Mas, primeiro, ela terá que se submeter a circuncisão, como é o costume.

Douha, 10, mora com os pais e 11 irmãos em um campo de refugiados palestinos em Hebron, na Cisjordânia. Ela divide o quarto com suas cinco irmãs.

Assunto nada mal pra uma sexta cedo, hein?!

Depois dessa, vambora que tá na hora de começar o dia…

beijos!

~

Where Children Sleep, 112 páginas, 2010, publicado por Chris Boot.

~

Fotos: Reprodução

“American NO way of life” – A Barbie como você nunca viu

15 jun

A artista Canadense Mariel Clayton causou burburinho na internet com a série “Dolls”. Nela, a fotógrafa mostra a boneca ícone do american way of life em fortes cenas de fetiche e violência. Sugestivo, não?!

Já tava mesmo na hora da Barbie mostrar a que veio! Ou você vai querer me convencer de que a sua Barbie era realmente muito ingênua??

%d blogueiros gostam disto: