Tag Archives: bem.estar

Mitos de verdades da dieta #9dias

6 set

Oi meninas!

Para essa quinta achei um conteúdo no canal Mdemulher que tem tudo a ver com essa nossa fase de Operação Casamento. O projeto está chegando o final e já aprendemos muitas coisas nesse tempo. Ao poucos e felizmente estamos colocando nas nossas vidas hábitos bons e possíveis de cumprir a longo prazo. Para celebrar esses poucos dias que ainda faltam, eu trouxe essa matéria da Silvia Amélia de Araújo com ilustrações foférrimas de William Terra que pode finalmente derrubar as dúvidas que ainda temos sobre hábitos alimentares. Então dá um confere!

1. Beber água ajuda a emagrecer?

Sim! Como a água melhora o funcionamento do intestino, do fígado e dos rins, contribui para que as toxinas do corpo sejam eliminadas. Quando isso não acontece, acumulamos gordura mais facilmente. Já a falta de água pode deixar o intestino preso e a barriga inchada. E quem não toma água acaba matando a sede com líquidos mais calóricos. O hábito tem ainda uma vantagem psicológica: beber água ocupa a boca e o estômago e distrai da vontade de comer por ansiedade.

2. A dieta da proteína funciona?

Sim! Dietas que restringem os carboidratos e aumentam o consumo de proteínas e gorduras dão resultado rápido, mas têm de ser usadas com moderação. Os carboidratos são as principais fontes de glicose, o combustível do corpo. Sem ela o organismo usa um combustível alternativo, o chamado corpo cetônico, feito de gordura corporal. No entanto, se o regime é usado por muito tempo (mais de uma semana seguida ou várias vezes ao longo dos meses), surgem sintomas como irritação, cansaço, baixa da imunidade e até um bafo insuportável. E há o risco de engordar de novo depois de abandonar a dieta. É que, com medo de ficar sem carboidratos outra vez, o corpo pode decidir estocá-los em maior quantidade.

3. Pimenta, gengibre e chá verde queimam calorias?

Sim e não. Para digerir qualquer comida, o corpo gasta calorias – em média 15% do que consumimos por dia é queimado na digestão. Pimenta, gengibre e chá verde pertencem à classe dos alimentos termogênicos, que exigem que o organismo gaste mais calorias do que os outros na hora de processá-los. Mas alimentos com calorias negativas, que queimam mais do que valem, só existem nos nossos sonhos. Outra vantagem do chá verde é o efeito diurético, que ajuda a eliminar toxinas e desinchar.

4. Excesso de sal leva ao aumento de peso?

Sim! O sal é composto de sódio, que não tem calorias, portanto não engorda. Mas ele facilita a retenção de líquidos. Ou seja, faz você inchar. Ao entrar nas células, as moléculas de sal atraem a água, o que leva o volume de sangue a aumentar. Nos tecidos corporais ocorre o mesmo – onde tem sal, a água é retida. Mas para evitar isso não adianta cortar o sal da salada. O problema maior é o sal de alimentos processados industrialmente. Por exemplo: 100 gramas de macarrão instantâneo têm 1 516 miligramas de sódio, contra 7 do macarrão integral.

5. Tomar água morna com limão de manhã, em jejum, emagrece?

Não! Essa ideia não tem embasamento científico. Está provavelmente ligada à crença de que alimentos ácidos queimam gordura (o que não é verdade) e de que o corpo gasta calorias para esfriar um alimento quente ou morno (o que é real, porém insignificante para fazer emagrecer). Mas o hábito não faz mal – a menos que a pessoa tenha gastrite! O limão é rico em vitamina C e tem baixo teor calórico. E água, morna ou fria, deve ser tomada o dia todo.

6. Abacaxi “derrete” a gordura?

Não! Aceite esta triste realidade: nenhum alimento consegue “derreter” gordura. O abacaxi tem bromelina, uma enzima que ajuda a digerir gorduras e proteínas. É ótimo para tirar a sensação de que comemos demais, mas não queima pneuzinhos.

7. Evitar o jantar ou fazer jejum ajuda a perder peso?

Não! Quem quer emagrecer deve evitar ao máximo pular refeições. Parece contraditório, mas, quando comemos, damos permissão ao corpo para gastar energia. Privado de comida, ele reprograma seu metabolismo para funcionar devagar, gastar menos energia e acumular bastante gordura assim que a comida reaparecer.

8. Comer carboidrato depois das 18 horas engorda?

Sim e não. O que faz engordar, no fim das contas, é o consumo em excesso, independentemente do momento em que é ingerido. À noite, o metabolismo do corpo é mesmo mais lento, mas isso não prova nada sobre a relação entre a hora em que se come e a quantidade de gordura que se estoca. Os carboidratos são a nossa principal fonte de energia. Quem mantém uma dieta equilibrada e faz exercícios físicos, quando janta seu carboidrato querido, só está repondo as calorias gastas ao longo do dia. O problema é comer à noite sem ter gasto energia suficiente antes…

9. Comer de 3 em 3 horas ajuda a emagrecer?

Sim e não. Comer acelera o metabolismo (o corpo “malha” para fazer a digestão), por isso é interessante se alimentar em pequenas porções várias vezes ao dia. Para quem é compulsiva, o hábito também evita que a pessoa chegue à mesa com muita fome – e coma mais do que deve. Mas é preciso cuidado para que o efeito não seja o contrário do desejado. É mais difícil fazer seis refeições controladas do que três, certo? E lanchinhos, mesmo que saudáveis, podem ser bastante calóricos. O importante é fazer as três principais refeições – café da manhã, almoço e jantar. Se sentir fome entre elas, coma uma fruta (ou duas!).

10. Dormir mal faz ganhar peso?

Sim! Noites maldormidas desregulam a produção de melatonina, hormônio que nos ajuda a adormecer. A falta dele faz diminuir a leptina, hormônio responsável pela sensação de saciedade, e aumentar a grelina, substância que nos desperta a fome. Faz ainda diminuir a liberação de serotonina, um neurotransmissor ligado ao bom humor e ao prazer. Ao sentir falta da serotonina, nosso cérebro nos sugere “açúcar, açúcar, açúcar!” para repor as energias e compensar nossa necessidade de prazer. O raciocínio é o seguinte: se não posso ser feliz dormindo, serei feliz comendo um chocolate. A falta de sono também pode estar ligada ao estresse. E pessoas estressadas liberam mais cortisol, hormônio que nos ajuda a reagir diante dos perrengues da vida – mas que também nos faz engordar.

11. Cumprindo à risca a dieta durante a semana, dá para liberar geral no fim de semana?

Não! Tendência para engordar, infelizmente, não tira férias. Se você quer mesmo emagrecer, pode dar no máximo uma rápida chutada no balde, em uma proporção de mais ou menos 9 para 1. Ou seja: nove refeições planejadas para uma feita sem preocupação com calorias. Mas isso não equivale a um fim de semana inteiro enfiando o pé na jaca…

12. Comer só alimentos diet e light emagrece?

Não! Os alimentos diet não têm necessariamente menos calorias. Eles são voltados para quem possui restrição alimentar devido a algum problema de saúde. O chocolate diet, por exemplo, não tem açúcar, mas contém mais gordura. Já os alimentos light têm no mínimo 25% menos calorias do que os produtos tradicionais. Porém, se você consumi-los em grande quantidade, também vai engordar. Alguns pesquisadores acreditam que alimentos com adoçante acabem funcionando como sabotadores da dieta. É que, quando a nossa língua tem contato com algo doce, o cérebro entende: “Opa, está vindo uma enxurrada calórica!” Só que as calorias não chegam. Então o cérebro, na fissura por glicose, pede mais comida.

13. Salada é a refeição ideal para quem está de regime?

Sim e não. Almoçar só folhas, ficar com fome meia hora depois e cair de boca no doce não leva ninguém ao caminho da magreza. Uma salada só é uma boa refeição se tiver fontes de carboidrato (beterraba, cenoura, inhame, batata-baroa) e de proteínas (castanhas, nozes, sementes de girassol, ovo cozido, queijo branco). Para temperar, estão permitidos um fio de azeite – gordura do bem! -, vinagre, limão, pimenta e ervas. Mas cuidado com os alimentos que boicotam a dieta: molhos gordurosos, batata palha, queijos amarelos e tomate seco bombam o prato de calorias. E linhaça deve ser ingerida com moderação (100 gramas têm quase 500 calorias!).

14. Trocar o arroz branco pelo integral vale a pena?

Sim! Duas colheres de arroz integral têm 65 calorias. A mesma quantidade de arroz branco tem 62. Mesmo assim a troca é vantajosa porque quem come arroz integral demora mais a sentir fome novamente. Ele contém fibras que auxiliam no funcionamento do intestino, retardam a absorção de açúcares e gorduras e ajudam a controlar o colesterol. E ainda evita o acúmulo de gordura na região abdominal! É que a glicose que vem de grãos refinados, processada mais rapidamente pelo corpo, tende a parar ali. Já a glicose que vem de carboidratos integrais, processada mais lentamente, vai sendo utilizada enquanto é liberada, por isso se acumula menos.

15. Cortar os doces é a melhor (e a mais rápida) forma de emagrecer?

Sim. Comer açúcar – veja que loucura! – aumenta a fome. Funciona assim: o corpo desmembra os alimentos que ingerimos em busca de glicose. Quando ela está presente em altos níveis no sangue, não sentimos fome. Se vai baixando, a vontade de comer reaparece. A questão é que a glicose dos doces chega praticamente pronta ao organismo e é 100% metabolizada em apenas 15 minutos. Resultado: os doces saciam por poucos instantes – a glicose logo despenca, e a fome volta com tudo. Se não conseguir cortá-los, coma-os depois de alimentos integrais ou fibrosos, que são processados mais lentamente. Assim você evita o efeito rebote.

16. É melhor comer alimentos crus do que cozidos?

Sim! Alimentos crus precisam ser mastigados mais vezes antes de ser ingeridos, o que é bom. Ao se satisfazer, o corpo demora 20 minutos para avisar ao cérebro que não é preciso mais comida. Mastigando mais, você ganha tempo para entender qual é a hora de parar.

17. Cerveja dá barriga?

Sim e não. No fundo, o problema é a quantidade. A cerveja é uma das bebidas alcoólicas menos calóricas – uma latinha tem cerca de 130 calorias. Se você se contentasse com um copo só, não haveria problema. Mas não é o que acontece… Além disso, ela costuma vir junto com um tira-gosto gorduroso. Essa bomba calórica de álcool (que fornece glicose “pronta”, metabolizada rapidamente), sal e gordura faz o corpo engordar e inchar.

18. Refrigerante dá celulite?

Sim e não. O refrigerante em si não causa os temíveis furinhos na pele, mas contribui para que você engorde. E engordar facilita o aparecimento de celulite, também relacionada ao sedentarismo e a fatores genéticos. Mesmo o refri zero (sem açúcar) pode ser um problema. Há suspeitas de que ele engorde por conter gás carbônico (presente também no refrigerante normal, capaz de dilatar o tamanho do estômago) e sódio (que provoca retenção líquida).

O Desafio da Corrida – parte II

30 jun

Há duas semanas comecei a correr, seguindo um programinha de 2 meses da revista boa forma. Nessas primeiras duas semanas comecei o treino intercalando caminhada com corrida leve.

Não tem jeito, a corrida não perde seu posto de atividade física queridinha para quem quer emagrecer, definir pernas, bumbum e barriga.

Agora chegou a hora das duas segundas semanas e eu vou fazer 1 mês de treino de corrida. Nada mal para quem nunca correu, não é?

Essa é a tabelinha que vou começar a seguir agora e se você também quer começar e perdeu os primeiros dias, veja aqui.

Depois de seguir esse programa, você ( e eu!) vai estar pronto para correr uma prova se 5 km!

Se você também quer correr, preste atenção nos principais erros de quem se propõe a essa prática.

Deve-se ir pelo menos uma vez por ano ao médico, para acompanhamento; em alguns casos específicos, a cada seis meses. Os resultados é que permitirão ao corredor e ao treinador montar um plano mais eficiente e seguro

O programa de treinamento é feito para que, de forma organizada e segura, o atleta possa evoluir. Os treinadores montam suas planilhas levando em conta aspectos individuais como peso, tempo de treinamento, objetivos propostos…

A filosofia do “no pain, no gain” (“sem dor não há ganho”) não é adequada para quem quer fazer da corrida uma prática saudável. É possível evoluir sem nenhum desconforto.

Para iniciantes, a melhora no desempenho é percebida logo nas primeiras semanas. E o ideal é que a evolução seja de, no máximo, 10% do total de quilometragem percorrido na semana anterior. Se você estiver com sobrepeso, redobre sua preocupação.

 A recomendação é tomar cerca de 600 ml por hora, ou melhor, cerca de 150 ml a cada 15 minutos

Entre 1h30 a 2 horas antes de correr coma algum alimento leve para oferecer suporte energético para a atividade. Em treinos mais longos a dica é repor com sachês de carboidratos ou maltodextrina.

A participação em competições deve ser feita de forma moderada, pois nas provas atingimos o ápice de desempenho e esforço físico. Alguns corredores chegam a participar de provas todos os fins de semana, o que pode impedir uma melhoria da condição física.

Alguns corredores não se preocupam com o tipo de pisada e usam qualquer tênis. Isso pode causar algum desconforto. Um tênis deve durar, em média, de 450 a 600 km. Outra sugestão é alternar dois pares de tênis entre os treinamentos!

Para cada treino mais intenso deve haver um dia de treino mais leve, e até mesmo um “day off”. É durante os períodos de descanso, entre um treino e outro, que acontecem a recuperação e a construção muscular.

O diretor da empresa de assessoria esportiva Run&Fun Mário Sérgio Andrade Silva recomenda que se busque orientação em revistas especializadas ou ajuda de um treinador para analisar como anda sua técnica de corrida

Ao iniciar a prática de atividades físicas, é importante realizar um acompanhamento médico adequado para não acabar prejudicando a saúde do corpo.

Se você pretende começar a correr ou já está na ativa, garanta que sua avaliação pré-participação esteja atualizada. Consulte bons profissionais para acompanhá-la nesse processo e garanta sua saúde durante os treinos.

♥♥♥♥♥

Quer mudar de vida? Entre com a gente nessa operação!

Use a hashtag #operacaocasamento e #blogopencloset em seu twitter e Instagram para dividir sua rotina com a gente.

Atenção meninas! Não queremos, de maneira nenhuma, promover dietas ou perda de peso irresponsável. O conceito dessa sessão é incentivar-nos a viver uma vida mais saudável e ativa, pensando sobre os tipos de alimentos que estamos colocando em nossos corpos para estar em forma.
Se você também quer entrar nessa, faça como a gente e consulte um profissional para te ajudar!
♥♥♥♥♥

Dieta Detox – Parte I

25 jun

Mais magra até o final de semana. É o que prometem as dietas desintoxicantes.

Não sou fã dessas dietas milagrosas porque não acredito em milagres. A gente sabe que não tem segredo, para ter qualidade de vida temos que mudar hábitos, consumir alimentos saudáveis e praticar atividades físicas.

Porém, muitas vezes o nosso corpo se sobrecarrega de toxinas e ajudá-lo a eliminar essas substâncias ruins (da maneira correta) é muito saudável.

Hoje comecei a dieta detox, que ajuda a renovar o funcionamento fisiológico do aparelho digestivo, aumentando a vitalidade e a energia do corpo. Exatamente por causa da preocupação com a quantidade de sal, há 18 dias, desde que começamos a Operação Casamento comprei esse sal, com 50% menos sódio e estou adorando. Só cuidado para não aumentar a quantidade para temperar mais e acabar consumindo mais sal!

São 7 dias de dieta. Tempo suficiente para perder 3 quilos e eliminar as toxinas acumuladas em anos de excessos e má alimentaçãoNos dois primeiros dias eu vou consumir alimentos, em sua maioria líquidos, para poupar o desgaste do organismo com um processo de digestão prolongado.

Quem quiser participar da dieta detox deve se preparar para se alimentar de 2 em 2 horas e eliminar bastante líquido. Dizem que a barriga já começa a ficar sequinha! Lá vem muito chá verde!

Lembre-se que você não deve fazer essa dieta com o único objetivo de emagrecer. A intenção também é que, aos poucos, você inclua alimentos saudáveis e conseqüentemente elimine açúcares e gorduras em excesso. Também é importante lembrar que a prática regular de exercícios físicos é fundamental para um resultado ainda melhor.

Fontes: Revista Boa Forma / Jornal O Globo – Coluna Bem Estar / Site Beleza e Saúde

Operação Casamento: Dia 83

24 jun

Com quase 20 dias do projeto Operação Casamento rolando!

A ralação está grande!!!

As tentações e o desafio da corrida

14 jun

Oi gente,

Estamos só no dia 93 da Operação Casamento, mas parece que eu faço esse projeto há meses. Claro, sei que vai ser muito positivo para minha saúde e por isso mesmo a decisão de fazê-lo. Mas, infelizmente, isso não o torna mais tolerável. Pelo menos por enquanto.

Ontem comecei a correr. Eu nunca tinha corrido na vida, mas de algum tempo pra cá venho tendo a vontade de experimentar por causa da propaganda favorável. Quem corre diz que é muito bom, garante sensação de liberdade e sentimento de quase transcendência. Eu, que adoro experiências engrandecedoras, resolvi experimentar. E posso dizer que me senti vitoriosa por conseguir correr  e completar os longos 30 minutos!

O melhor de acordar cedinho pra correr é que, além do seu dia render mais, você fica com mais disposição e com a impressão de já ter feito algo útil e saudável. Além de ficar amiga dos feirantes e decorar a casa com flores! 😉

Para fugir da maldição dos “inícios nunca começados de segunda-feira”, comecei o desafio da corrida na quarta, seguindo as indicações da revista Boa Forma. Veja as primeiras duas semanas de programa para iniciantes:

O desafio promete fazer perder 8kg em 2 meses de corrida, acompanhado de dieta balanceada. Será que eu consigo?

Fotos: Revista Boa Forma

Dá pra queimar até 500 calorias com 1h de treino, além de muitos outros benefícios:

Hoje, mesmo sem estar no cronograma, repeti a corridinha. Nenhuma chantagem é maior que o peso na consciência. E já confesso: ontem fui à pré-estreia do filme “E aí, comeu?”, do Bruno Mazzeo, e  me rendi às tentações: Pipoca e um drinquezinho… Uiii

Prometo que da próxima me seguro, tá!!

E você, torce por mim?!

Beijos!

♥♥♥♥♥

Quer mudar de vida? Entre com a gente nessa operação!

Use a hashtag #operacaocasamento e #blogopencloset em seu twitter e Instagram para dividir sua rotina com a gente.

Atenção meninas! Não queremos, de maneira nenhuma, promover dietas ou perda de peso irresponsável. O conceito dessa sessão é incentivar-nos a viver uma vida mais saudável e ativa, pensando sobre os tipos de alimentos que estamos colocando em nossos corpos para estar em forma.
Se você também quer entrar nessa, faça como a gente e consulte um profissional para te ajudar!
♥♥♥♥♥

A difícil tarefa de perder 10 kg

9 jun

Oii gente,

Hoje, é o meu primeiro post sobre a operação casamento. Como vocês já viram, eu tenho a maior meta… perder 10kg.

Beijos,

Isa

 ♥♥♥♥♥

Use a hashtag #operaçãocasamento e #blogopencloset em seutwitter e Instagram para dividir sua rotina com a gente. Depois a gente coloca suas fotos aqui!

Atenção meninas! Não queremos, de maneira nenhuma, promover dietas ou perda de peso irresponsável. O conceito dessa sessão é incentivar-nos a viver uma vida mais saudável e ativa, pensando sobre os tipos de alimentos que estamos colocando em nossos corpos para estar em forma.
Se você também quer entrar nessa, faça como a gente e consulte um profissional para te ajudar!

Operação casamento: Dia 99

8 jun

Sei que algumas pessoas se espantaram quando eu falei que iria participar do Operação Casamento. Calma, gente! Não vou emagrecer muito não, fiquem tranquilos, senão já me falaram que daqui a pouco vou parecer a noiva cadáver…rs

O meu maior desafio, como foi falado aqui, é tentar parar de comer doce. Mas é muito difícil, ainda mais com esse tempinho, né?! Eu deixo de comer qualquer salgado, prato de comida, refrigerante, por um doce. Amo de paixão um chocolate!!

Ah, uma observação: durante a semana eu não como doces e vou ensinar pra vcs umas dicas, que eu sempre uso, de como superar essa vontade chocomaníaca (pelo menos de segunda a sexta):

Tudo é questão de hábito, quem sabe na próxima festinha eu coma menos ainda ou então consiga não comer nenhum. #esperançafeelings

E como minha consciencia pesou hoje o almoço foi salada com quiche do Delirio Tropical. Ah, e sem sobremesa!!rs

Divida com a gente a sua experiência também!! Conte-nos como está sendo o seu desafio do #operacaocasamento

 ♥♥♥♥♥

Use a hashtag #operacaocasamento e #blogopencloset em seutwitter e Instagram para dividir sua rotina com a gente. Depois a gente coloca suas fotos aqui!

Atenção meninas! Não queremos, de maneira nenhuma, promover dietas ou perda de peso irresponsável. O conceito dessa sessão é incentivar-nos a viver uma vida mais saudável e ativa, pensando sobre os tipos de alimentos que estamos colocando em nossos corpos para estar em forma.
Se você também quer entrar nessa, faça como a gente e consulte um profissional para te ajudar!

Operação casamento: Dia 100

7 jun

Hoje começamos o Operação Casamento: um diário de 100 dias, em contagem regressiva, sobre nossa rotina na difícil missão de mudar hábitos alimentares e comportamentais até o casamento da Maria, dia 15 de setembro.

Todos os dias uma de nós dará notícias sobre o que comemos, que exercício praticamos e se conseguimos cumprir a meta diária de alimentos e exercícios, além de diquinhas e novidades sobre o assunto.

Nós dividiremos o diário em categorias:  alimentação, exercícios, fixação de metas e extras (com informações e curiosidades). Além disso, faremos pesagens mensais para acompanhar nossa evolução.

Como cada uma de nós tem uma meta final, assim como objetivos e desafios também, decidimos descrever isso separadamente para você acompanhar e nos ajudar nos dias difíceis que vem por aí!

 ♥♥♥♥♥

Quer mudar de vida? Entre com a gente nessa operação!

Use a hashtag #operacaocasamento e #blogopencloset em seutwitter e Instagram para dividir sua rotina com a gente.

Atenção meninas! Não queremos, de maneira nenhuma, promover dietas ou perda de peso irresponsável. O conceito dessa sessão é incentivar-nos a viver uma vida mais saudável e ativa, pensando sobre os tipos de alimentos que estamos colocando em nossos corpos para estar em forma.
Se você também quer entrar nessa, faça como a gente e consulte um profissional para te ajudar!
♥♥♥♥♥

Fotos: Alexandre Pimenta

Montagens: Equipe OC

%d blogueiros gostam disto: