Não se preocupe. Nada vai dar certo

13 set

Eu não quis acreditar nessa frase quando me deparei com ela, há alguns dias.  Bati o pé, esperneei, levei pra a terapia  me recusando a aceitar que o que é ruim demais para ser verdade, acredite, muitas vezes é verdade!

Tudo começou num dia em que eu devo ter acordado sem o lobo esquerdo do cérebro. Estava eufórica pois teria o casamento de dois amigos queridos no sábado à tarde e à noite a formatura de uma amiga de infância. Nesse dia escolhi a minha roupa: uma divina saia-longa-de-cintura-alta.

Resolvi tudo com uma antecedência nunca antes imaginada e a minha produção era incrível. Eu ia estar linda e claro, chiquérima. Isso se a minha vida fosse um romance, claro. Mas só pra esclarecer, não é, ok?! Então, pode tirar o sorrisinho do rosto que lá vem lágrimas. E muitas.

Quando me vesti para ver como a produção ficaria, percebi que eu estava muito, muito arrumada com a tal divina saia-longa-de-cintura-alta. Por isso, resolvi que ia cortá-la e fazer uma saia godê mais curta. Hã?????? É. Eu sei. Fiquei maluca, pirei, cheirei spray de cabelo. Por que, raios, eu fiz isso? Alguém explica? Alguém?

Há uma semana do fatídico sábado fiz  prova das roupas no atelier, marquei meu cabelo e minha maquiagem, com uma “hair stylist”que viria me atender em casa. Fiquei horas pesquisando penteados e até aproveitei o gancho pra fazer escrever aqui sobre isso.

Há três dias do casamento. Experimentei a saia e uma blusa de seda nude que mandei fazer para usar junto e…SURPRESA! A cintura da saia ficou apertada, a cava da blusa estava gigante e o forro do decote virava pra fora. Eu estava parecendo uma criança obesa de cinco anos com uma roupa de bailarina e uma barriga redonda. Estranhíssimo. Só que mais que estranha, eu estava raivosa. Eu virei uma pequena bola de raiva. Como aquilo era possível??

Corri para rua, comprei sapatos, um novo vestido e ainda mandei apertar a peça inteira, que era um número maior,  em dois dias!

No sábado, por recomendação da profissional que faria meu cabelo, só o lavei com shampoo anti-resíduo. Eis que, ao meio-dia, recebo um telefonema da “hair stylist” dizendo que teve uma briga com alguém e estava muito abalada, portanto, não poderia me atender.

E lá estava eu, há duas horas do casamento, no meio na rua, com um cabelo que nem consigo definir. Eu parecia a filha da Vanessa da Mata com a Elba Ramalho nos anos 70.  E o pior: sem nenhuma esperança no futuro. Eu não tinha se quer um horário no salão.

Saí desesperada à procura de alguém que me atendesse em uma hora. Consegui o cabelo, eu mesma fiz o make e consegui chegar ao casamento. Obviamente atrasada. Perdi a cerimônia.

Claro, amaldiçoei as próximas vinte gerações das “profissionais” com quem tratei – nem vou entrar nesse mérito aqui.

E tirando as primeiras fotos, que eram fofas, o que me lembro dessa noite, em que parecia que “nada ia dar certo”, foi isso aqui:

Impossível dar mais certo que isso.

Fotos: Reprodução

Já curtiu a página do Blog OpenCloset no facebook?? Corre lá!

4 Respostas to “Não se preocupe. Nada vai dar certo”

  1. Lidiane Bahiense 27/09/2011 às 11:22 #

    Adorei. rsrsrs. Por que será que não me espanto com suas maluquices?! rsrsrsrs
    Excelente texto, ótima redação e criatividade. A estória nem precisa ser comentada.. só rindo mesmo. Parabéns por este blog. Estarei te acompanhando sempre. Super beijos.

  2. Renata Junger 15/09/2011 às 10:56 #

    Muito bom, Dani! E pra que participou das entrelinhas, posso afirmar que isso ainda não foi tudo… Mais ok, talvez ficasse trágico demais! hahaha

  3. Paula Guimaraes 13/09/2011 às 13:37 #

    Dani, fiquei encantada com seu blog… adorei esse post… um show de criatividade e bom humor…. foram cinco minutos de boa leitura e gargalhada… parabens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: